O Natal na terra dos faraós

 

O Natal na terra dos faraós

 

O mundo se prepara para o Natal, as aglomerações ,o corre corre , fico a pensar onde queremos chegar?

Nos dias que antecedem o Natal, a maioria de nós agimos como se não houvessem guerras nem conflitos, somos  temporariamente só sorrisos. Esse estado de espirito deveria permanecer na atmosfera terrestre.

Em minhas pausa para refletir , estive pensando como será o Natal na terra dos faraós : O Egito? Eis a minha grande curiosidade..

Sobre este assunto apaixonante,  tive a colaboração  especial do  James do http://www.whychristmas.com/.

“Por vezes a curiosidade abre novos horizontes, quando não, acende a chama do entusiasmo para  descobrir.”

Cairo-1 O Natal na terra dos faraós

No Egito,  15 % das pessoas são cristãs. A maior parte dos egípcios,  pertence a igreja Copta Ortodoxa  e  o dia de Natal , não é celebrado no dia 25 de dezembro, mas em 7 de janeiro .

Você acha estranho?   Se consultarmos os Evangelhos Canônicos não encontraremos nenhuma referência a esta data , que foi estabelecida por volta dos Séc. III e IV.

Os 43 dias que antecedem o Natal ( Advento ) , que vai de 25 de novembro a 6 de janeiro, os cristãos coptas optam por um jejum especial.  Onde se servem de uma dieta leve e também não se alimentam de produtos  proveniente de animais. Isso é chamado de “ A Santa Natividade Rápida.”

Na véspera do Natal dos cristãos coptas, ( 6 de janeiro )  eles  vão a igreja para uma liturgia especial.

coptas-ortodoxo O Natal na terra dos faraós

Quando os serviços litúrgicos de natal ( apresentação de cantatas e corais ) terminam ,  eles se dirigem as suas casas  e a casa de amigos e compartilham de todas as delicias gastronômicas egípcias as quais se privaram durante todo o Advento.

O banquete do faraó

A gastronomia egípcia possui raízes milenares , e sua   dieta básica   é muito rica possuindo  sabores exóticos e ingredientes distintos.

peixes2 O Natal na terra dos faraós

COZINHA-EGIPCIA O Natal na terra dos faraós

A cozinha dos povos árabes,  é tão diversa quanto a sua história. Sofreu a influencia bizantina e replica através dos tempos, seu fascínio pela mistura de especiarias juntamente com a combinação do doce e do salgado .

comida-arabe O Natal na terra dos faraós
KIinafa
Baklava-doce-egipcio O Natal na terra dos faraós
Baklava
filhos-arabes O Natal na terra dos faraós
Filhós
FALAFEL2 O Natal na terra dos faraós
Falafel
homos2 O Natal na terra dos faraós
Homos
fetir-2 O Natal na terra dos faraós
Fetir
foul-nabed2 O Natal na terra dos faraós
Ful Nabed
ful-medames2 O Natal na terra dos faraós
Ful Medames
koshari2 O Natal na terra dos faraós
Koshari
malfuf2 O Natal na terra dos faraós
Malful
tabule O Natal na terra dos faraós
Tabule
Belewa1 O Natal na terra dos faraós
Belewa
makluba2 O Natal na terra dos faraós
Makluba
MOLOKHIA2 O Natal na terra dos faraós
Molokia
Halawi O Natal na terra dos faraós
Halawi
Burma-doce O Natal na terra dos faraós
Burma doce
Fattah-comida-arabe O Natal na terra dos faraós
Fattah
Bratz-do-Egito O Natal na terra dos faraós
Bratz do Egito

Os egípcios são grandes doceiros e suas receitas,  eram demonstradas através da pintura e  relevos.

No que se refere as bebidas , o café é muito consumido, o chá  também tem grande destaque, acompanhado de sucos refrescantes de frutas frescas.

vendedor_bebida_tipica_egipcia O Natal na terra dos faraós
Vendedor de bebida

cafe-egipcio O Natal na terra dos faraós

A cerveja , já era muito utilizada no antigo Egito, algumas vezes com fins medicinais e também deixada como oferenda para os mortos .

A Stella é a cerveja oficial por lá.

stella-egipcia.jpeg-01 O Natal na terra dos faraós

Os  vinhos e destilados egípcios,   são fortes demais, o  Arak é seu drink oficial.

arak1 O Natal na terra dos faraós
Arak
DRINK-ARAK O Natal na terra dos faraós
Drink Arak
karkade12 O Natal na terra dos faraós
Karkade
sucos01 O Natal na terra dos faraós
Chá de menta

Como podemos perceber a culinária  árabe é um espetáculo . Em seus escritos o Padre Antônio Vieira diz que desde o nascimento, o maior pensar do ser humano é comer. Mas como resistir?

Sou apaixonada pela comida Árabe, e estarei muito em breve apreciando estas delicias todas .

“Então é Natal ,  mas não se ofusque com o brilho das luzes natalinas “

Jesus nasceu a mais de 20 séculos e ainda tudo que dele provém, reveste-se de plenitude. O mestre , não “impôs” normas ao pensamento religioso, contentou-se em se fazer luz.

“Nas reminiscências da época do  Natal ,se faz necessário que meditemos sobre o roteiro de vida que elegemos para nós”.

Não tenho tradição familiar de celebrar o Natal,   mas  não sou contra qualquer tipo de celebração , desde que os gastos  não sejam exagerados e que não levem você a se endividar comprando presentes.

O Natal é muito mais do que troca de presentes ,  exageros alimentares e consumo desenfreado de bebidas que levam ao inconsciente dos atos .

Que este Natal seja um momento especial pra todos nós ,  desejo sinceramente que o Mestre  esteja presente em seu coração.

LUZ-E-AMOR O Natal na terra dos faraós

Referências : Agradecimentos especiais ao James do Site :http://www.whychristmas.com/

                        https://pt.wikipedia.org/wiki/Estados_Unidos

                        Todas as fotografias de ilustração foram retiradas da internet- Divulgação

 

More about Isabel Borgert

Uma viajante que resolveu compartilhar os seus destinos preferidos com o mundo

Comments

  1. Responder

    Amei conhecer com é celebrado o Natal dos cristãos egípcios. Fiquei babando aqui nas comidas, algumas das quais já sou fã de carteirinha, como o tabule. Eles jejuam de comida pesada e depois caem na farra gastronômica hehe. Post super informativo e interessante! Amei , amei e amei!!!

    1. Responder

      Pois é Dani não é uma maravilha essa culinária, eu tambem amo e espero provar todas ahahah.
      Bjs e Bom Natal

  2. Responder

    Eh isso mesmo, querida Isabel, o Natal eh uma epoca em que as pessoas sao so sorrisos e passando o dia 10 de janeiro, quando s pessoas ainda estao imbuidas de um bom espirito, volta tudo a ser como antes – animosidade, maus pensamentos, etc etc. Nao gosto de generalizar, mas vejo isso ao longo dos anos. No Uurguay tambem eh celebrado (ao menos os presentes) no dia 6-7. Na Grecia os presentes sao trocados depois tb, nao no dia 24/25. Enfim, a comida – amo baklava, tabule (ate tem receita no meu blog!), falafel e homous (tem escritas diferentes, no Reino Unido eh vendido de varias marcas no supermercado, amo!) Quer experimentar outras delicias que vc mostrou! Amiga querida, espero que vc tenha um novo ano maravilhoso, com amor, sucesso, realizacoes, saude, felicidade, paz, muitas viagens e muitos posts com seu espirito e coracao maravilhosos! Uma benca ter vc como amiga! Um beijao!
    DenisesPlanet.com

    1. Responder

      Denise
      Vou conferir a receita no teu blog, amo comidas árabes também.
      Agradeço a Deus por ter você no meu circulo de amizades.
      Desejo um feliz ano de 2018 para você e família
      Beijo no coração

Leave a Reply

Comente este post